AGROECOLOGIA: UMA ALTERNATIVA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL PARA OS ASSENTAMENTOS RURAIS

AGROECOLOGIA: UMA ALTERNATIVA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL PARA OS ASSENTAMENTOS RURAIS

Atualmente, observa-se o aumento das discussões, dentro das dimensões acadêmica, econômica, política e social, em relação à agricultura do país e do mundo, dentre as discussões está a questão do desenvolvimento rural sustentável, que existe em documentos, porém está ausente na prática. Um exemplo da...

Saved in:
Journal Title: Caminhos de Geografia
Author: Nivea Massaretto Verges
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/21595
Resource type: Journal Article
Source: Caminhos de Geografia; Vol 14, No 45 (Year 2013).
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Categories: Physical/Engineering Sciences --> Ecology
Physical/Engineering Sciences --> Environmental Sciences
Life Sciences --> Soil Science
Abstract: Atualmente, observa-se o aumento das discussões, dentro das dimensões acadêmica, econômica, política e social, em relação à agricultura do país e do mundo, dentre as discussões está a questão do desenvolvimento rural sustentável, que existe em documentos, porém está ausente na prática. Um exemplo da ausência do desenvolvimento rural sustentável pode ser encontrado nas famílias de produtores assentadas que, em meio a muitas pressões, acabam se rendendo ao capital, deixando de produzir e desenvolver em seus lotes. Diante disso, este trabalho buscou analisar as características dos assentamentos rurais do Pontal do Paranapanema, identificando seus potenciais e impasses a fim de apresentar as práticas agroecológicas como alternativa para o desenvolvimento rural sustentável dos assentamentos, destacando alguns esboços para um projeto a fim de proporcionar embasamento para que o processo de integração econômica e social dos assentados seja efetivado de forma autônoma pelos mesmos. Para a realização desse trabalho foi utilizado levantamentos bibliográficos e dados obtidos junto ao IBGE e DATALUTA.