Versões ficcionais de Servando Teresa de Mier

Versões ficcionais de Servando Teresa de Mier

Neste artigo, vamos estudar a recriação do frei dominicano José Servando Teresa de Mier Noriega y Guerra (1763-1827) em dois romances latino-americanos: El mundo alucinante (1966), do escritor cubano Reinaldo Arenas (1943-1990) e La isla de Róbinson (1982), do autor venezuelano Arturo Uslar Pietri (...

Saved in:
Journal Title: Antares. Letras e Humanidades
Author: Altamir Botoso (UNIMAR)
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/antares/article/view/1186
Resource type: Journal Article
Source: Antares. Letras e Humanidades; Vol 4, No 8 (Year 2012).
DOI:
Publisher: Universidade de Caxias do Sul
Usage rights: Sin permisos preestablecidos
Categories: Social Sciences/Humanities --> Humanities, Multidisciplinary
Abstract: Neste artigo, vamos estudar a recriação do frei dominicano José Servando Teresa de Mier Noriega y Guerra (1763-1827) em dois romances latino-americanos: El mundo alucinante (1966), do escritor cubano Reinaldo Arenas (1943-1990) e La isla de Róbinson (1982), do autor venezuelano Arturo Uslar Pietri (1906-2001). A ficcionalização do frei, no livro de Arenas, reveste-se de uma grande riqueza de matizes, graças ao emprego do realismo mágico, da utilização de três narradores e dos recursos próprios da ficção pós-moderna, enquanto o personagem recriado por Uslar Pietri acomoda-se ao modelo da representação realista, mas, em ambos os casos, os escritores oferecem duas versões plausíveis do religioso mexicano.