Cidades e territórios sustentáveis, paisagens culturais e desenvolvimento regional

Cidades e territórios sustentáveis, paisagens culturais e desenvolvimento regional

Numa região cujo espaço não-urbano obedece a princípios consagrados da boa gestão ecológica, patrimônio e paisagem constituem valores culturais e ambientais que se integram sistemicamente. Os limites territoriais administrativos coincidem com o das bacias hidrográficas que conformam a região. Agrupa...

Saved in:
Translated title: Cidades e territórios sustentáveis, paisagens culturais e desenvolvimento regional
Sustainable cities and territories, cultural landscapes and regional development
Journal Title: Labor & Engenho
Author: André Munhoz de Argollo Ferrão
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/labore/article/view/8646238
Resource type: Journal Article
Source: Labor & Engenho; Vol 10, No 2 (Year 2016).
DOI: http://dx.doi.org/10.20396/labore.v10i2.8646238
Publisher: Universidade Estadual de Campinas
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial (by-nc)
Categories: Physical/Engineering Sciences, Social Sciences/Humanities --> Environmental Studies
Social Sciences/Humanities --> Planning --AMP-- Development
Social Sciences/Humanities --> Urban Studies
Abstract: Numa região cujo espaço não-urbano obedece a princípios consagrados da boa gestão ecológica, patrimônio e paisagem constituem valores culturais e ambientais que se integram sistemicamente. Os limites territoriais administrativos coincidem com o das bacias hidrográficas que conformam a região. Agrupamentos urbanos sustentáveis vinculam-se às paisagens culturais que se destacam no território correspondente. Paisagem e arquitetura rural dissecadas pelo Método de Pesquisa Orientada a Processos — Método POP — constituem o universo de uma cidade sustentável, ou “ecocidade”. A integração sistêmica de todos esses elementos leva ao ordenamento territorial baseado na conexão patrimônio-paisagem cultural, a partir de empreendimentos ecologicamente corretos e economicamente adequados. Daí a necessidade de se compreender o território a partir de uma abordagem sistêmica e transdisciplinar que permita a conexão patrimônio-paisagem cultural.
Translated abstract: In a region where the non-urban space have to obey the established principles of good environmental management, heritage and landscape constitute cultural and environmental values that will be systematically integrated. The administrative limit of the territories are matching with the watershed limits in these region. Urban clusters are linked to cultural landscapes in the territory. Landscape and rural architecture studied from Process-Oriented Research Method — "POP" Method — constitute the universe of a sustainable city, or an “ecocity". The systemic integration of those elements leads to the territorial ordering based on "patrimony-landscape" connexion, particularly from the viewpoint of ecological and economic projects. These are sufficient reazons to study and understanding the territory from a system approach and transdisciplinar viewpoint that allow the connexion between cultural landscape and heritage.