Geografia da religião, fé evangélica e espaço

Geografia da religião, fé evangélica e espaço

Esta pesquisa busca, por meio de revisão literária, identificar se e como a literatura disponível em Geografia da Religião fornece subsídios para interpretar a espacialidade evangélica no território brasileiro bem como a expansão territorial desta fé verificada nas ultimas décadas. Da mesma maneira,...

Saved in:
Translated title: Geography of religion, evangelical faith and space
Journal Title: Geosaberes
Author: Diego Martins Cruz
Language: Portuguese
Get full text: http://www.geosaberes.ufc.br/geosaberes/article/view/646
Resource type: Journal Article
Source: Geosaberes; Vol 9, No 18 (Year 2018).
DOI: http://dx.doi.org/10.26895/geosaberes.v9i18.646
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial (by-nc)
Categories: Physical/Engineering Sciences --> Environmental Sciences
Social Sciences/Humanities --> Geography
Abstract: Esta pesquisa busca, por meio de revisão literária, identificar se e como a literatura disponível em Geografia da Religião fornece subsídios para interpretar a espacialidade evangélica no território brasileiro bem como a expansão territorial desta fé verificada nas ultimas décadas. Da mesma maneira, busca-se mostrar como as ressignificações identitárias, culturais e evangelísticas, decorridas neste meio, prefiguram diversas formas de interpretação do texto bíblico que por sua vez repercutem em distintas formas de apropriação e cognição espacial por esses sujeitos. Percebe-se que a sacralidade do espaço condicionada à presença, percepção e consenso dos fieis evangélicos assume um caráter cambiante que supera aspectos materiais e locacionais para se enquadrar conformação simbólica e subjetiva do espaço.
Translated abstract: This research seeks, through literature review to identify whether and how the available literature on Religion Geography provides grants to interpret the Gospel spatiality in Brazil, in order to understand the elements that make up the territorial expansion of faith seen in recent decades. Likewise, it seeks to show how the identity reinterpretation, cultural and outreach, elapsed in this medium, prefigure various forms of interpretation of the biblical text which in turn have repercussions on different forms of appropriation and spatial cognition. It is noticed that the sacredness of the space conditioned to the presence , perception and consensus of evangelical believers assumes a variable character overcomes materials and locational aspects to fit symbolic and subjective conformation space.