Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 11 – Número 1 – Ano 2019 (Jan./Jun. 2019)

Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 11 – Número 1 – Ano 2019 (Jan./Jun. 2019)

Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 11 – Número 1 – Ano 2019 (Jan./Jun. 2019) A Revista Ambiente Contábil (Ambiente) apresenta na sua 21ª edição 15 (quinze) artigos que tratam de assuntos relevantes para a área contábil; 03 (três) resenhas de livros; 04 (quatro) bancos de dados brutos de...

Saved in:
Translated title: Editorial – Revista Ambiente Contábil – V. 11 – N. 1 – Year 2019 (Jan./Jun. 2019)
Editorial – Revista Ambiente Contábil – V. 11 – N. 1 – Año 2019 (Ene./Jun. 2019)
Journal Title: Revista Ambiente Contábil
Author: Maurício Corrêa da Silva
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/16280
Resource type: Journal Article
Source: Revista Ambiente Contábil; Vol 11, No 1 (Year 2019).
DOI: http://dx.doi.org/10.21680/2176-9036.2019v11n1ID16280
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Categories: Social Sciences/Humanities --> Business, Finance
Abstract: Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 11 – Número 1 – Ano 2019 (Jan./Jun. 2019) A Revista Ambiente Contábil (Ambiente) apresenta na sua 21ª edição 15 (quinze) artigos que tratam de assuntos relevantes para a área contábil; 03 (três) resenhas de livros; 04 (quatro) bancos de dados brutos de pesquisa e 02 (dois) artigos no idioma inglês. A 21ª edição representa um novo marco na publicação de artigos, casos de ensino, resenhas e banco de dados brutos de pesquisa. A seção internacional destina-se a divulgar uma versão no idioma inglês ou espanhol dos artigos aprovados no idioma português, traduzidos pelos autores (opcionalmente), de acordo com a política de editorial da revista. A divulgação do banco de dados brutos de pesquisa objetiva fomentar o aprendizado, a replicação dos estudos e a condução de novas pesquisas. Seção 1: Contabilidade Aplicada ao Setor Empresarial Artigo 1 - Influência da complexidade organizacional para contabilização de ativos biológicos das empresas da B3 de Tiago Francisco de Camargo, Antônio Zanin, Geovanne Dias de Moura, Juliano Corrêa Daleaste e de Citania Aparecida Pilatti Bortoluzzi com o objetivo de verificar a influência da complexidade organizacional na mensuração dos ativos biológicos das companhias abertas listadas na B3. Artigo 2 - A adoção do CPC PME é fonte de legitimidade organizacional? Análise sob a perspectiva da teoria institucional de Evelini Lauri Morri Garcia, Elisa Maria de Almeida, Simone Leticia Raimundini Sanches e Valter da Silva Faia com o objetivo de analisar os mecanismos de institucionalização do CPC PME e as respectivas resistências que se relacionam com a busca por legitimação das PMEs. Artigo 3 - Tributação e renda: um estudo a respeito do modelo regressivo de tributação indireta no Brasil de Barbara Aline Felipe Silva, Marconi Silva Miranda, Anderson de Oliveira Reis e de Elizangela Lourdes de Castro com o objetivo de verificar se os tributos indiretos em função da renda dos contribuintes de fato tendem a ser regressivos, aumentando a disparidade entre os contribuintes brasileiros. Artigo 4 - Revisitando os determinantes da distribuição de dividendos: uma análise em empresas brasileiras de Maurício Leite, Nadia Mar Bogoni e Nelson Hein com o objetivo de investigar os determinantes da política de dividendos em companhias abertas brasileiras listadas na BM&FBovespa. Artigo 5 - Política de dividendos e criação de valor: um estudo no mercado brasileiro de José Erasmo Silva, Levi Morgan, Maria José de Camargo Machado e Maria Imaculada de Lima Montebelo com o objetivo de testar a relação entre a política de dividendos, representada pelos indicadores payout, dividend yield e dividendos a pagar, e a criação ou destruição de valor para o acionista, representada, nesse caso, pelo indicador Economic Value Added (EVA). Artigo 6 - Onde estão os profissionais contábeis no Brasil? de Francisca Aparecida de Souza, César Augusto Tibúrcio Silva, Polyana Batista da Silva e Paulo Vitor Souza de Souza com o objetivo de identificar fatores que contribuem para a fixação de profissionais contábeis nas diferentes regiões brasileiras. Seção 2: Contabilidade Aplicada ao Setor Público e ao Terceiro Setor Artigo 1 - O protesto extrajudicial como instrumento de recuperação de dívida ativa em contraposição à ação de execução fiscal de Carlos Renato Dolfini; Aziz Xavier Beiruth; Danilo Soares Monte-mor com o objetivo de apontar os elementos que influenciam a adesão ao Termo de Cooperação estabelecido entre a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e os Tabelionatos de Protestos, por meio do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil (IEPTB/BR). Seção 3: Pesquisas de Campo sobre Contabilidade (Survey) Artigo 1 - Percepção dos clientes de uma prestadora de serviços contábeis em relação as obrigações acessórias e trabalhistas de Lara Fabiana Dallabona, Tatiane Rodawelly e de Ana Rita Venzon Fernandes com o objetivo de analisar a percepção dos clientes de uma prestadora de serviços contábeis em relação às obrigações acessórias e trabalhistas envolvendo a admissão de funcionários, folha de pagamento e rescisão de contrato de trabalho. Artigo 2 - Sistema tributário brasileiro: análise da percepção dos operadores do direito tributário à luz dos conceitos de eficiência e justiça fiscal de Raphael Maleque Felicio e Antônio Lopo Martinez com o objetivo de analisar a percepção desses profissionais quanto à eficiência, à equidade e à complexidade do sistema tributário brasileiro, bem como verificar se na opinião dos mesmos os tributos brasileiro causam mudanças de comportamento do contribuinte, incentivam a prática de planejamento tributário tendente a diminuir o débito tributário ou se geram desigualdade. Artigo 3 - As funções da controladoria desempenhadas nas empresas startups de Alaide Almeida Novaes Nocetti e de Carlos Eduardo Facin Lavarda com o objetivo de identificar as funções presentes nas startups da Grande Florianópolis e a percepção dessas empresas sobre a importância de ter um departamento de controladoria estruturado. Artigo 4 - Escolhas contábeis e gerenciamento de resultados: um estudo sobre o reconhecimento de subvenções governamentais em um hospital filantrópico de Pedro Henrique Melillo, Ciro Gustavo Bragança e de Rodrigo de Vasconcellos Viana Medeiros com o objetivo de explicar os motivos da adoção do regime de competência para o reconhecimento de subvenções do governo pelos hospitais filantrópicos, além de evidenciar os fatores relacionados a escolhas contábeis e gerenciamento de resultados para essas instituições. Artigo 5 - Profissionais da controladoria: competências e demandas organizacionais de Tania Nobre Gonçalves Ferreira Amorim e de Ladjane de Barros Silva com o objetivo de identificar as principais competências exigidas aos Controllers para o exercício de suas atividades em empresas que estão instaladas em Pernambuco, Brasil. Artigo 6 – Estrutura e finalidade das demonstrações contábeis: um estudo do nível de conhecimento de estudantes de ciências contábeis de Nadielli Maria dos Santos Galvão, Andreza Cristiane Silva de Lima e Winicius Borges dos Santos com o objetivo de verificar se os estudantes de ciências contábeis de uma Universidade Pública localizada no Agreste do Estado de Sergipe conhecem o conceito básico e a finalidade de cada demonstração contábil obrigatória. Artigo 7 - Ensino da contabilidade de custos em diferentes cursos de graduação sob a percepção dos discentes de Laura Brandão Costa, Camila Lima Bazani, Edvalda Araújo Leal, Janser Moura Pereira e Neilson Alves Rosa com o objetivo de identificar se existe diferença estatística na percepção dos alunos de diferentes cursos de graduação de uma instituição federal de ensino superior sobre o processo de ensino-aprendizagem das disciplinas na área de contabilidade de custos. Artigo 8 - Da formalidade prescrita à cultura de integridade: escala de intensidade compliance como resposta às fraudes e riscos regulatórios no Brasil de Hildegardo Pedro Araújo de Melo e Adilson Celestino de Lima com o objetivo de desenvolver medida de escala baseada em valores e atitudes intrínsecos ao ambiente organizacional apta a medir a cultura compliance, como estrutura de defesa organizacional à probabilidade de ocorrência de fraudes. Seção 5: Resenhas de Teses, Dissertações e Livros sobre Contabilidade Resenha 1: Resenha do Livro: Avaliação do desempenho de instituições públicas e privadas: análise de componentes principais e análise fatorial. Silva, M. C., & Silva, J. D. G (2017). (1a ed). Campinas, SP: Editora Alínea, 130 páginas, ISBN: 978-85-7516-813-4 (Coleção Administração & Sociedade). Autora da resenha: Fábia Jaiany Viana de Souza Resenha 2: Resenha do Livro: Balanço orçamentário: o demonstrativo do gestor público e da sociedade. Silva, M. C. (2018). (1a ed). São Paulo, SP: Editora Biblioteca 24Horas, 118 páginas, ISBN: 978-85-4161-083-4. Autora da resenha: Camila Rafaelly da Silva Câmara Revorêdo Resenha 3: Resenha do Livro: Orçamento, Contabilidade e Gestão no Setor Público / Diana Vaz de Lima. São Paulo, Atlas, 2018, ISBN: 978-85-97-01785-4 Autora da resenha: Rosenery Loureiro Lourenço Seção 6: Banco de Dados (Arquivos suplementares em Excel) Artigo 1 da Seção 1 - Influência da complexidade organizacional para contabilização de ativos biológicos das empresas da B3 de Tiago Francisco de Camargo, Antônio Zanin, Geovanne Dias de Moura, Juliano Corrêa Daleaste e de Citania Aparecida Pilatti Bortoluzzi com o objetivo de verificar a influência da complexidade organizacional na mensuração dos ativos biológicos das companhias abertas listadas na B3. Artigo 3 da Seção 1 - Tributação e renda: um estudo a respeito do modelo regressivo de tributação indireta no Brasil de Barbara Aline Felipe Silva, Marconi Silva Miranda, Anderson de Oliveira Reis e de Elizangela Lourdes de Castro com o objetivo de verificar se os tributos indiretos em função da renda dos contribuintes de fato tendem a ser regressivos, aumentando a disparidade entre os contribuintes brasileiros. Artigo 4 da Seção 1 - Revisitando os determinantes da distribuição de dividendos: uma análise em empresas brasileiras de Maurício Leite, Nadia Mar Bogoni e Nelson Hein com o objetivo de investigar os determinantes da política de dividendos em companhias abertas brasileiras listadas na BM&FBovespa. Artigo 5 da Seção 1 - Política de dividendos e criação de valor: um estudo no mercado brasileiro de José Erasmo Silva, Levi Morgan, Maria José de Camargo Machado e Maria Imaculada de Lima Montebelo com o objetivo de testar a relação entre a política de dividendos, representada pelos indicadores payout, dividend yield e dividendos a pagar, e a criação ou destruição de valor para o acionista, representada, nesse caso, pelo indicador Economic Value Added (EVA). Seção 7: Internacional (S7) Article 1 of Section 1 - Influence of organizational complexity on the measurement of the biological assets of the public listed companies of B3 of the authors Tiago Francisco de Camargo, Antônio Zanin, Geovanne Dias de Moura, Juliano Corrêa Daleaste and Citania Aparecida Pilatti Bortoluzzi. The study aims to verify the influence of organizational complexity on the measurement of biological assets in publicly-held companies listed in B3. Article 3 of Section 1 - Taxation and income: a study regarding the regressive model of indirect taxation in Brazil of the authors Barbara Aline Felipe Silva, Marconi Silva Miranda, Anderson de Oliveira Reis and Elizangela Lourdes de Castro. The study aims to verify if indirect taxes on the income of taxpayers actually tend to be regressive, increasing the disparity between Brazilian taxpayers. Boa leitura. Cordiais saudações! Prof. Dr. Maurício Corrêa da Silva Editor Gerente da Revista Ambiente Contábil
Translated abstract: Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 11 – Número 1 – Ano 2019 (Jan./Jun. 2019) A Revista Ambiente Contábil (Ambiente) apresenta na sua 21ª edição 15 (quinze) artigos que tratam de assuntos relevantes para a área contábil; 03 (três) resenhas de livros; 04 (quatro) bancos de dados brutos de pesquisa e 02 (dois) artigos no idioma inglês. A 21ª edição representa um novo marco na publicação de artigos, casos de ensino, resenhas e banco de dados brutos de pesquisa. A seção internacional destina-se a divulgar uma versão no idioma inglês ou espanhol dos artigos aprovados no idioma português, traduzidos pelos autores (opcionalmente), de acordo com a política de editorial da revista. A divulgação do banco de dados brutos de pesquisa objetiva fomentar o aprendizado, a replicação dos estudos e a condução de novas pesquisas. Seção 1: Contabilidade Aplicada ao Setor Empresarial Artigo 1 - Influência da complexidade organizacional para contabilização de ativos biológicos das empresas da B3 de Tiago Francisco de Camargo, Antônio Zanin, Geovanne Dias de Moura, Juliano Corrêa Daleaste e de Citania Aparecida Pilatti Bortoluzzi com o objetivo de verificar a influência da complexidade organizacional na mensuração dos ativos biológicos das companhias abertas listadas na B3. Artigo 2 - A adoção do CPC PME é fonte de legitimidade organizacional? Análise sob a perspectiva da teoria institucional de Evelini Lauri Morri Garcia, Elisa Maria de Almeida, Simone Leticia Raimundini Sanches e Valter da Silva Faia com o objetivo de analisar os mecanismos de institucionalização do CPC PME e as respectivas resistências que se relacionam com a busca por legitimação das PMEs. Artigo 3 - Tributação e renda: um estudo a respeito do modelo regressivo de tributação indireta no Brasil de Barbara Aline Felipe Silva, Marconi Silva Miranda, Anderson de Oliveira Reis e de Elizangela Lourdes de Castro com o objetivo de verificar se os tributos indiretos em função da renda dos contribuintes de fato tendem a ser regressivos, aumentando a disparidade entre os contribuintes brasileiros. Artigo 4 - Revisitando os determinantes da distribuição de dividendos: uma análise em empresas brasileiras de Maurício Leite, Nadia Mar Bogoni e Nelson Hein com o objetivo de investigar os determinantes da política de dividendos em companhias abertas brasileiras listadas na BM&FBovespa. Artigo 5 - Política de dividendos e criação de valor: um estudo no mercado brasileiro de José Erasmo Silva, Levi Morgan, Maria José de Camargo Machado e Maria Imaculada de Lima Montebelo com o objetivo de testar a relação entre a política de dividendos, representada pelos indicadores payout, dividend yield e dividendos a pagar, e a criação ou destruição de valor para o acionista, representada, nesse caso, pelo indicador Economic Value Added (EVA). Artigo 6 - Onde estão os profissionais contábeis no Brasil? de Francisca Aparecida de Souza, César Augusto Tibúrcio Silva, Polyana Batista da Silva e Paulo Vitor Souza de Souza com o objetivo de identificar fatores que contribuem para a fixação de profissionais contábeis nas diferentes regiões brasileiras. Seção 2: Contabilidade Aplicada ao Setor Público e ao Terceiro Setor Artigo 1 - O protesto extrajudicial como instrumento de recuperação de dívida ativa em contraposição à ação de execução fiscal de Carlos Renato Dolfini; Aziz Xavier Beiruth; Danilo Soares Monte-mor com o objetivo de apontar os elementos que influenciam a adesão ao Termo de Cooperação estabelecido entre a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e os Tabelionatos de Protestos, por meio do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil (IEPTB/BR). Seção 3: Pesquisas de Campo sobre Contabilidade (Survey) Artigo 1 - Percepção dos clientes de uma prestadora de serviços contábeis em relação as obrigações acessórias e trabalhistas de Lara Fabiana Dallabona, Tatiane Rodawelly e de Ana Rita Venzon Fernandes com o objetivo de analisar a percepção dos clientes de uma prestadora de serviços contábeis em relação às obrigações acessórias e trabalhistas envolvendo a admissão de funcionários, folha de pagamento e rescisão de contrato de trabalho. Artigo 2 - Sistema tributário brasileiro: análise da percepção dos operadores do direito tributário à luz dos conceitos de eficiência e justiça fiscal de Raphael Maleque Felicio e Antônio Lopo Martinez com o objetivo de analisar a percepção desses profissionais quanto à eficiência, à equidade e à complexidade do sistema tributário brasileiro, bem como verificar se na opinião dos mesmos os tributos brasileiro causam mudanças de comportamento do contribuinte, incentivam a prática de planejamento tributário tendente a diminuir o débito tributário ou se geram desigualdade. Artigo 3 - As funções da controladoria desempenhadas nas empresas startups de Alaide Almeida Novaes Nocetti e de Carlos Eduardo Facin Lavarda com o objetivo de identificar as funções presentes nas startups da Grande Florianópolis e a percepção dessas empresas sobre a importância de ter um departamento de controladoria estruturado. Artigo 4 - Escolhas contábeis e gerenciamento de resultados: um estudo sobre o reconhecimento de subvenções governamentais em um hospital filantrópico de Pedro Henrique Melillo, Ciro Gustavo Bragança e de Rodrigo de Vasconcellos Viana Medeiros com o objetivo de explicar os motivos da adoção do regime de competência para o reconhecimento de subvenções do governo pelos hospitais filantrópicos, além de evidenciar os fatores relacionados a escolhas contábeis e gerenciamento de resultados para essas instituições. Artigo 5 - Profissionais da controladoria: competências e demandas organizacionais de Tania Nobre Gonçalves Ferreira Amorim e de Ladjane de Barros Silva com o objetivo de identificar as principais competências exigidas aos Controllers para o exercício de suas atividades em empresas que estão instaladas em Pernambuco, Brasil. Artigo 6 – Estrutura e finalidade das demonstrações contábeis: um estudo do nível de conhecimento de estudantes de ciências contábeis de Nadielli Maria dos Santos Galvão, Andreza Cristiane Silva de Lima e Winicius Borges dos Santos com o objetivo de verificar se os estudantes de ciências contábeis de uma Universidade Pública localizada no Agreste do Estado de Sergipe conhecem o conceito básico e a finalidade de cada demonstração contábil obrigatória. Artigo 7 - Ensino da contabilidade de custos em diferentes cursos de graduação sob a percepção dos discentes de Laura Brandão Costa, Camila Lima Bazani, Edvalda Araújo Leal, Janser Moura Pereira e Neilson Alves Rosa com o objetivo de identificar se existe diferença estatística na percepção dos alunos de diferentes cursos de graduação de uma instituição federal de ensino superior sobre o processo de ensino-aprendizagem das disciplinas na área de contabilidade de custos. Artigo 8 - Da formalidade prescrita à cultura de integridade: escala de intensidade compliance como resposta às fraudes e riscos regulatórios no Brasil de Hildegardo Pedro Araújo de Melo e Adilson Celestino de Lima com o objetivo de desenvolver medida de escala baseada em valores e atitudes intrínsecos ao ambiente organizacional apta a medir a cultura compliance, como estrutura de defesa organizacional à probabilidade de ocorrência de fraudes. Seção 5: Resenhas de Teses, Dissertações e Livros sobre Contabilidade Resenha 1: Resenha do Livro: Avaliação do desempenho de instituições públicas e privadas: análise de componentes principais e análise fatorial. Silva, M. C., & Silva, J. D. G (2017). (1a ed). Campinas, SP: Editora Alínea, 130 páginas, ISBN: 978-85-7516-813-4 (Coleção Administração & Sociedade). Autora da resenha: Fábia Jaiany Viana de Souza Resenha 2: Resenha do Livro: Balanço orçamentário: o demonstrativo do gestor público e da sociedade. Silva, M. C. (2018). (1a ed). São Paulo, SP: Editora Biblioteca 24Horas, 118 páginas, ISBN: 978-85-4161-083-4. Autora da resenha: Camila Rafaelly da Silva Câmara Revorêdo Resenha 3: Resenha do Livro: Orçamento, Contabilidade e Gestão no Setor Público / Diana Vaz de Lima. São Paulo, Atlas, 2018, ISBN: 978-85-97-01785-4 Autora da resenha: Rosenery Loureiro Lourenço Seção 6: Banco de Dados (Arquivos suplementares em Excel) Artigo 1 da Seção 1 - Influência da complexidade organizacional para contabilização de ativos biológicos das empresas da B3 de Tiago Francisco de Camargo, Antônio Zanin, Geovanne Dias de Moura, Juliano Corrêa Daleaste e de Citania Aparecida Pilatti Bortoluzzi com o objetivo de verificar a influência da complexidade organizacional na mensuração dos ativos biológicos das companhias abertas listadas na B3. Artigo 3 da Seção 1 - Tributação e renda: um estudo a respeito do modelo regressivo de tributação indireta no Brasil de Barbara Aline Felipe Silva, Marconi Silva Miranda, Anderson de Oliveira Reis e de Elizangela Lourdes de Castro com o objetivo de verificar se os tributos indiretos em função da renda dos contribuintes de fato tendem a ser regressivos, aumentando a disparidade entre os contribuintes brasileiros. Artigo 4 da Seção 1 - Revisitando os determinantes da distribuição de dividendos: uma análise em empresas brasileiras de Maurício Leite, Nadia Mar Bogoni e Nelson Hein com o objetivo de investigar os determinantes da política de dividendos em companhias abertas brasileiras listadas na BM&FBovespa. Artigo 5 da Seção 1 - Política de dividendos e criação de valor: um estudo no mercado brasileiro de José Erasmo Silva, Levi Morgan, Maria José de Camargo Machado e Maria Imaculada de Lima Montebelo com o objetivo de testar a relação entre a política de dividendos, representada pelos indicadores payout, dividend yield e dividendos a pagar, e a criação ou destruição de valor para o acionista, representada, nesse caso, pelo indicador Economic Value Added (EVA). Seção 7: Internacional (S7) Article 1 of Section 1 - Influence of organizational complexity on the measurement of the biological assets of the public listed companies of B3 of the authors Tiago Francisco de Camargo, Antônio Zanin, Geovanne Dias de Moura, Juliano Corrêa Daleaste and Citania Aparecida Pilatti Bortoluzzi. The study aims to verify the influence of organizational complexity on the measurement of biological assets in publicly-held companies listed in B3. Article 3 of Section 1 - Taxation and income: a study regarding the regressive model of indirect taxation in Brazil of the authors Barbara Aline Felipe Silva, Marconi Silva Miranda, Anderson de Oliveira Reis and Elizangela Lourdes de Castro. The study aims to verify if indirect taxes on the income of taxpayers actually tend to be regressive, increasing the disparity between Brazilian taxpayers. Boa leitura. Cordiais saudações! Prof. Dr. Maurício Corrêa da Silva Editor Gerente da Revista Ambiente Contábil