TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS NO ENSINO DE FÍSICA: RETRATO DAS PESQUISAS NACIONAIS

TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS NO ENSINO DE FÍSICA: RETRATO DAS PESQUISAS NACIONAIS

A presença das tecnologias no contexto educacional é mais do que uma alternativa didática, representando um recurso imprescindível para a aprendizagem, sobretudo em áreas diretamente vinculadas à tecnologia, como é o caso da Física. Tal identificação confere ao estudo o objetivo de proceder a um lev...

Saved in:
Journal Title: Ensino de Ciências e Tecnologia em Revista
First author: Cleci Teresinha Werner da Rosa
Other Authors: Marco Antonio Sandini Trentin;
Marivane de Oliveira Biazus
Language: Portuguese
Get full text: http://srvapp2s.santoangelo.uri.br/seer/index.php/encitec/article/view/2091
Resource type: Journal Article
Source: Ensino de Ciências e Tecnologia em Revista; Vol 7, No 2 (Year 2017).
DOI: http://dx.doi.org/10.20912/encitec.v7i2.2091
Publisher: Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Categories: Multidisciplinary --> Multidisciplinary Sciences
Abstract: A presença das tecnologias no contexto educacional é mais do que uma alternativa didática, representando um recurso imprescindível para a aprendizagem, sobretudo em áreas diretamente vinculadas à tecnologia, como é o caso da Física. Tal identificação confere ao estudo o objetivo de proceder a um levantamento na produção nacional referente à utilização de tecnologia no ensino de Física. O foco central está em fornecer um retrato dessa produção e identificar características e potencialidades do uso dessas ferramentas na voz dos pesquisadores em Ensino de Física. Como recorte, são estabelecidos os periódicos nacionais com classificação Qualis Capes A1, A2 e B1 (Base 2013), na área de Ensino, e o período de 2005 a 2014. Como resultado, o estudo aponta a existência de cinquenta e sete artigos em doze periódicos, que foram categorizados de acordo com o uso ou o dispositivo tecnológico empregado. De forma mais relevante, identificou-se que: na atualidade, as diferentes áreas da Física vêm sendo contempladas nas pesquisas, respondendo a preocupação apontada por Araujo e Veit (2004); dois periódicos nacionais detêm parte significativa da produção nacional na temática; houve um avanço em termos da produção destinadas ao ensino médio em comparação ao mencionado por Martins e Garcia (2011); e a robótica educacional ainda é pouco explorada pelos pesquisadores da área de Ensino de Física.