Ocorrência de doenças do tomateiro na região de Guanambi, BA

Ocorrência de doenças do tomateiro na região de Guanambi, BA

As doenças do tomateiro são responsáveis por grandes prejuízos econômicos e a falta de conhecimento técnico no diagnóstico e controle dessas doenças onera os custos e limitam a sua produção. Esse trabalho tem como objetivo realizar um levantamento para identificação e registro de ocorrência de doenç...

Saved in:
Journal Title: Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável
First author: M. A. S. Guimarães
Other Authors: J. H. S. Teixeira;
S. C. Cardoso
Traslated keyword:
Language: Undetermined
Get full text: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/3711
Resource type: Journal Article
Source: Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável; Vol 10, No 5 Especial (Year 2015).
DOI: http://dx.doi.org/10.18378/rvads.v10i5.3711
Publisher: Grupo Verde de Agroecologia e Abelhas
Usage rights: Reconocimiento (by)
Categories: Life Sciences --> Biology
Physical/Engineering Sciences --> Environmental Sciences
Life Sciences --> Agriculture, Multidisciplinary
Abstract: As doenças do tomateiro são responsáveis por grandes prejuízos econômicos e a falta de conhecimento técnico no diagnóstico e controle dessas doenças onera os custos e limitam a sua produção. Esse trabalho tem como objetivo realizar um levantamento para identificação e registro de ocorrência de doenças do tomateiro na região de Guanambi, BA. O levantamento foi realizado nos Distritos de Morrinhos e Guirapá e nos Povoados de Brejos dos Padres e do Tanque. Para tanto, foram realizadas visitas nas áreas produtoras de tomate e para avaliação do histórico da área foi aplicado um questionário aos produtores. Amostras de plantas infectadas foram coletadas e levadas para análise no Laboratório de Fitopatologia do IFBaiano - Campus Guanambi ou enviadas para diagnóstico em Clinica Fitopatológica. Foram diagnosticadas nove doenças bióticas: vira cabeça do tomateiro (Tomato spotted wilt virus), oídio (Oidium sp.), murcha de fusário (Fusarium oxysporum), requeima (Phytophthora infestans), mofo preto (Alternaria alternata), mancha de estenfílio (Stemphylium sp.), mancha de cladospório (Fulvia fulva), pinta-preta (Alternaria solani) e murcha bacteriana (Ralstonia solanacearum); e três doenças abióticas (podridão apical, deficiência de fósforo e murcha por asfixia) nos cultivos de tomate. Dentre as doenças bióticas encontradas, o vira cabeça do tomateiro e o oídio foram as mais frequentes. Occurrence of diseases in tomato in the region of Guanambi, BahiaAbstract: The tomato diseases are responsible for great economic losses and the lack of technical knowledge in the diagnosis and control of these diseases onerous costs and limit their production. This work aims to conduct a survey to identify and record of the tomato diseases occurrence in the Guanambi region, Bahia state. The survey was conducted in Morrinhos, Guirapá, Brejo dos Padres and Tanque Districts. Therefore, visits were made in tomato producing areas and for the evaluation of the area historic have been applied a questionnaire to farmers. Samples of infected plants were collected and sent for analysis at the Laboratory of Phytopathology, IFBaiano - Campus Guanambi or sent for diagnosis in Clinic Phytopathologic. Were diagnosed nine biotic diseases: Tospovirus (Tomato spotted wilt virus), powdery mildew (Oidium sp.), Fusarium wilt (Fusarium oxysporum), late blight (Phytophthora infestans), black mold (Alternaria alternata), Stemphylium leaf blight (Stemphylium sp.), leaf mold (Fulvia fulva), blight (Alternaria solani) and bacterial wilt (Ralstonia solanacearum), and three abiotic diseases (blossom-end rot, phosphorus deficiency and withered by suffocation) in the tomato crops. Among the biotic diseases found, o Tomato spotted wilt virus and Oidium sp. were the most frequent.