O logos em Heidegger: lógica, verdade e metafísica

O logos em Heidegger: lógica, verdade e metafísica

Resumo: A proposta desse trabalho é repensar a linguagem, tema central da filosofia contemporânea, não mais como um instrumento do qual o sujeito se apropria e desapropria de acordo com a própria vontade, mas, juntamente com Heidegger, como a própria casa do ser. A função de comunicação é apenas uma...

Saved in:
Journal Title: Conjectura: filosofia e educação
Author: Jaqueline Stefani
Language: Portuguese
Get full text: http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/conjectura/article/view/3
Resource type: Journal Article
Source: Conjectura: filosofia e educação; Vol 14, No 1 (Year 2009).
DOI:
Publisher: Universidade de Caxias do Sul
Usage rights: Otros Os textos não poderão ser reproduzidos sem autorização da revista depois de aceitos.
Categories: Social Sciences/Humanities --> Education --AMP-- Educational Research
Social Sciences/Humanities --> Education, Special
Health Sciences, Social Sciences/Humanities --> Psychology, Educational
Abstract: Resumo: A proposta desse trabalho é repensar a linguagem, tema central da filosofia contemporânea, não mais como um instrumento do qual o sujeito se apropria e desapropria de acordo com a própria vontade, mas, juntamente com Heidegger, como a própria casa do ser. A função de comunicação é apenas uma das múltiplas possibilidades da linguagem. Com Heidegger é desenvolvida a questão de como a fenomenologia transforma-seem hermenêutica e de como a autocompreensão surge paralela a toda compreensão. A filosofia autêntica éaquela na qual, ao questionar-se sobre algo, o sujeito é inserido na própria questão. A compreensão nunca éimpessoal, pois a aletheia perpassa o sujeito que, ao compreender algo, está compreendendo a si mesmo.Palavras-chave: Filosofia. Martin Heidegger. Linguagem. Lógica. Verdade. Metafísica.Abstract: The purpose of this paper is to rethink the language, the central theme of contemporary philosophy, not as an instrument to which the subject is appropriate and unappropriate according to their will, but, along with Heidegger, as the house of being. The function of communication is only oneof the many possibilities of language. With Heidegger is developed the question of how phenomenology turns to hermeneutics and how the selfunderstanding is parallel to all understanding. The authentic philosophyis that in which is questioned about something and the subject is inserted in the issue. The understanding is never impersonal, therefore Aletheia permeates the subject that by understanding something is to understand yourself. Keywords: Philosophy. Martin Heidegger. Language. Logic. Thuth. Metaphysics.