Reflexões sobre a história da moda

Reflexões sobre a história da moda

Desde as primeiras décadas do século XX a historiografia vem experimentando a diversificação de suas temáticas e metodologias de estudo. Uma das dimensões instigantes deste cenário consiste na construção, pelo historiador, de problemas de pesquisa que se definem a partir do entrecruzamento de intere...

Saved in:
Journal Title: Revista Espaço Acadêmico
Author: Katyuscia Kelly Catão de Sousa
Traslated keyword:
Language: Undetermined
Get full text: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/14192
Resource type: Journal Article
Source: Revista Espaço Acadêmico; Vol XI, No 130 (Year 2012).
DOI:
Publisher: Universidade Estadual de Maringá
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial (by-nc)
Subjects: Social Sciences/Humanities --> Anthropology
Social Sciences/Humanities --> Political Science
Social Sciences/Humanities --> Sociology
Abstract: Desde as primeiras décadas do século XX a historiografia vem experimentando a diversificação de suas temáticas e metodologias de estudo. Uma das dimensões instigantes deste cenário consiste na construção, pelo historiador, de problemas de pesquisa que se definem a partir do entrecruzamento de interesses e campos distintos. É o caso dos estudos dedicados à moda, ou, como se pode dizer também, das práticas do vestuário. Neles, em grande medida, é possível observar o interesse dos historiadores em questões os levam a problematizar a corporalidade, as sensibilidades, as dinâmicas econômicas de cada circunstância histórica, práticas de sociabilidade etc. O objetivo deste artigo é reunir algumas considerações acerca de tal cenário, inclusive registrando o papel de uma obra seminal no campo. 
Translated abstract: Desde as primeiras décadas do século XX a historiografia vem experimentando a diversificação de suas temáticas e metodologias de estudo. Uma das dimensões instigantes deste cenário consiste na construção, pelo historiador, de problemas de pesquisa que se definem a partir do entrecruzamento de interesses e campos distintos. É o caso dos estudos dedicados à moda, ou, como se pode dizer também, das práticas do vestuário. Neles, em grande medida, é possível observar o interesse dos historiadores em questões os levam a problematizar a corporalidade, as sensibilidades, as dinâmicas econômicas de cada circunstância histórica, práticas de sociabilidade etc. O objetivo deste artigo é reunir algumas considerações acerca de tal cenário, inclusive registrando o papel de uma obra seminal no campo.