Interface entre Educação Especial e Educação do Campo: a produção científica em teses e dissertações

Interface entre Educação Especial e Educação do Campo: a produção científica em teses e dissertações

Este texto objetiva realizar um mapeamento da produção científica brasileira em teses e dissertações elaboradas na interface entre Educação Especial e Educação do Campo, com vistas à elucidação do panorama, das tendências e das lacunas da área. A metodologia adotada é a da pesquisa bibliográfica, op...

Saved in:
Journal Title: Interfaces da Educação
First author: Washington Cesar Shoiti Nozu
Other Authors: Eduardo Adão Ribeiro;
Marilda Moraes Garcia Bruno
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: http://periodicosonline.uems.br/index.php/interfaces/article/view/3002
Resource type: Journal Article
Source: Interfaces da Educação; Vol 9, No 27 (Year 2018).
DOI:
Publisher: Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Usage rights: Reconocimiento (by)
Subjects: Social Sciences/Humanities --> Social Sciences, Interdisciplinary
Abstract: Este texto objetiva realizar um mapeamento da produção científica brasileira em teses e dissertações elaboradas na interface entre Educação Especial e Educação do Campo, com vistas à elucidação do panorama, das tendências e das lacunas da área. A metodologia adotada é a da pesquisa bibliográfica, operacionalizada por meio de estudo bibliométrico e revisão de literatura. Ao todo, foram analisadas 41 produções, entre teses e dissertações. Os resultados trazem indicadores da produção quanto ao tempo, à região do país, à dependência administrativa das Instituições de Ensino Superior, ao financiamento das pesquisas, à vinculação aos programas de pós-graduação e às populações da Educação Especial e da Educação do Campo contempladas nas investigações. Ainda, evidenciam os principais achados das teses e dissertações a partir dos seguintes eixos temáticos: concepções de interface, políticas públicas, formação de professores, práticas pedagógicas, trajetórias escolares e histórias de vida, identificação e avaliação das necessidades educacionais específicas, serviços especializados, linguagens e comunicação, educação e trabalho, interações socioeducacionais e representações sociais da deficiência. Espera-se contribuir para a construção do conhecimento na interface entre Educação Especial e Educação do Campo, bem como auxiliar no direcionamento de futuras pesquisas para outros objetos e/ou para diferentes abordagens das questões mais frequentemente estudadas.