Guimarães Rosa: Desenredos e Projeções nas Literaturas de Língua Portuguesa

Guimarães Rosa: Desenredos e Projeções nas Literaturas de Língua Portuguesa

Logotesis e eironeia na prática dos Prefácios de Tutaméia. O criador e a rebeldia da criatura: "Desenredo" e seus palimpsestos, em especial Joyce (Rosa versus Joyce) e o livro de Job (40, 1-10). "A terceira margem do rio" como hipotexto de duas estórias de Mia Couto. Processos de formação de novas p...

Saved in:
Journal Title: Revista Scripta
Author: Maria de Santa-Cruz
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/10239
Resource type: Journal Article
Source: Revista Scripta; Vol 2, No 3 (Year 1998).
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Categories: Social Sciences/Humanities --> Language --AMP-- Linguistics
Social Sciences/Humanities --> Literature
Social Sciences/Humanities --> Poetry
Abstract: Logotesis e eironeia na prática dos Prefácios de Tutaméia. O criador e a rebeldia da criatura: "Desenredo" e seus palimpsestos, em especial Joyce (Rosa versus Joyce) e o livro de Job (40, 1-10). "A terceira margem do rio" como hipotexto de duas estórias de Mia Couto. Processos de formação de novas palavras e português vernáculo: neologismos e regionalismos. Comparação de alguns processos rosianos com os dos seus precursores em língua portuguesa (Fernão Mendes Pinto e Machado de Assis, Simões Lopes Neto, Mário de Andrade e Aquilino Ribeiro); os processos rosianos e os de Luandino Vieira (Angola); José Craveirinha, Grabato Dias e Mia Couto (Moçambique). O Segredo intransmissível do fazer poético: Humor, Alegria e Loucura. Os mendes pintores e amaka de Babel.