Abordagens da Controladoria nos Trabalhos do Congresso USP de Controladoria e Contabilidade: Um Enfoque nas Perspectivas Conceitual, Procedimental e Organizacional

Abordagens da Controladoria nos Trabalhos do Congresso USP de Controladoria e Contabilidade: Um Enfoque nas Perspectivas Conceitual, Procedimental e Organizacional

O estudo identifica a abordagem da controladoria em trabalhos publicados nos anais do Congresso USP de Controladoria e Contabilidade entre 2001 a 2006, pautado em pesquisa documental e denotação descritiva. Os resultados mostram na perspectiva conceitual que não há preocupação em definir o termo con...

Saved in:
Journal Title: Revista Contemporânea de Contabilidade
First author: Ilse Maria Beuren
Other Authors: Juliana Pinto;
Vinícius Costa da Silva Zonatto
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: https://periodicos.ufsc.br/index.php/contabilidade/article/view/2175-8069.2012v9n17p3
Resource type: Journal Article
Source: Revista Contemporânea de Contabilidade; Vol 9, No 17 (Year 2012).
DOI:
Publisher: Universidade Federal de Santa Catarina
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Categories: Social Sciences/Humanities --> Business, Finance
Social Sciences/Humanities --> Economics
Abstract: O estudo identifica a abordagem da controladoria em trabalhos publicados nos anais do Congresso USP de Controladoria e Contabilidade entre 2001 a 2006, pautado em pesquisa documental e denotação descritiva. Os resultados mostram na perspectiva conceitual que não há preocupação em definir o termo controladoria e nem sua relação com outras áreas do conhecimento. Na perspectiva procedimental, não há consenso sobre as atividades típicas, mas destaca-se a relativa aos sistemas de informação. Na perspectiva organizacional, não é focalizada a controladoria como unidade organizacional formalmente constituída, com poder de decisão, mas sim como unidade administrativa que subsidia a tomada de decisões. 
Translated abstract: The study identifies the approach of comptrollership on papers published in the annals of the USP Congress on Comptrollership and Accounting from 2001 to 2006, based on documentary research and descriptive denotation. The results show that in the conceptual perspective there is no concern in defining the term comptrollership and neither its relationship with other areas of knowledge. In the procedural perspective, there is no consensus about the typical activities but it stands out the one related to information systems. In the organizational perspective, the comptrollership is not seen as a formally established organizational unit with power of decision, but as an administrative unit that supports the decision-making.