Nostalgia da continuidade:

Nostalgia da continuidade:

Pretende-se neste artigo esboçar uma aproximação entre Freud e Bataille tendo por base principal os textos “Além do princípio do prazer” e “O Erotismo”. Essa afinidade entre ambos se daria a partir da nostalgia de uma continuidade primordial, expressa por Bataille nos momentos de êxtase como a fusão...

Saved in:
Journal Title: Pólemos
Author: Bárbara de Barros Fonseca
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: https://periodicos.unb.br/index.php/polemos/article/view/11588
Resource type: Journal Article
Source: Pólemos; Vol 3, No 5 (Year 2014).
Publisher: Universidade de Brasília
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Categories: Social Sciences/Humanities --> Philosophy
Abstract: Pretende-se neste artigo esboçar uma aproximação entre Freud e Bataille tendo por base principal os textos “Além do princípio do prazer” e “O Erotismo”. Essa afinidade entre ambos se daria a partir da nostalgia de uma continuidade primordial, expressa por Bataille nos momentos de êxtase como a fusão erótica e o sacrifício, e por Freud pela pulsão de morte. A partir de uma breve apresentação da tópica para ambos, mostraremos como essa nostalgia de uma continuidade primordial se diferencia para os dois autores por suas perspectivas distintas quanto à morte. Finalmente, tentará se delinear uma espécie de ontologia que perpassará ambos os autores, pensando tanto a teoria das pulsões freudianas em sua disruptividade característica como o informe batailliano. Percorreremos também pelos conceitos de morte e vida nos autores, nos dando material para tentarmos esboçar as diferenças e aproximações ontológicas entre ambos.