Tissue reaction and integration of polyamide and acrylonitrilebutadiene-styrene spheres in rat subcutaneous tissue

Tissue reaction and integration of polyamide and acrylonitrilebutadiene-styrene spheres in rat subcutaneous tissue

Foi investigado a reação tecidual e infiltração da poliamida e da acrilonitrila butadieno estireno (ABS) elaborados por prototipagem rápida. Para tanto, foram criados três grupos com seis ratos Wistar cada: no G1 os animais receberam implantes de ABS; no G2 os animais receberam implantes de poliamid...

Guardado em:
Título traduzido: Tissue reaction and integration of polyamide and acrylonitrile-butadiene-styrene spheres in rat subcutaneous tissue
Título da revista: Brazilian Journal of Veterinary Medicine
Primer autor: Deusdete Conceição Gomes Junior
Outros autores: Eduardo José Nassar;
Francisco de Assis Dórea Neto;
Alessandra Estrela Lima;
Cristiane dos Santos Honsho;
Emanoel Ferreira Martins Filho;
Arianne Pontes Oriá
Palavras chave:
Palavras chave traducidas:
Idioma: Português
Ligação recurso: http://rbmv.org/index.php/BJVM/article/view/292
Tipo de recurso: Artigo de revista
Fonte: Brazilian Journal of Veterinary Medicine; Vol 38, No Suplemento 1 (Ano 2016).
Entidade editora: Sociedade de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro
Direitos de utilização: Reconocimiento - NoComercial (by-nc)
Matérias: Ciências da Vida --> Medicina Veterinária
Resumo: Foi investigado a reação tecidual e infiltração da poliamida e da acrilonitrila butadieno estireno (ABS) elaborados por prototipagem rápida. Para tanto, foram criados três grupos com seis ratos Wistar cada: no G1 os animais receberam implantes de ABS; no G2 os animais receberam implantes de poliamida; no grupo controle os animais receberam implantes de polimetilmetacrilato. Os implantes foram inseridos no subcutâneo da região torácica dorsal e os animais foram eutanasiados 60 dias após a inserção dos implantes para avaliação da reação e integração tecidual. As esferas foram seccionadas para avaliação macroscópica da infiltração tecidual e fragmentos da cápsula foram coletados para avaliação histopatológica. Na avaliação macroscópica, em todas as amostras foi observado presença de cápsula tecidual intensamente aderida aos implantes no G1, moderadamente aderida aos implantes no G2 e discretamente aderida aos implantes do grupo controle. Os fragmentos colhidos do G1 e G2 apresentaram aspectos histológicos semelhantes, entretanto a reação inflamatória observada nos animais do G1 foi mais discreta. Indí- cios de infecção ou reação de corpo estranho não foram observados em nenhum dos fragmentos de todos os grupos. Macroscopicamente foi observada infiltração tecidual no G1 e G2. Os resultados encontrados demonstram que os implantes foram bem tolerados e permitiram a integração tecidual.
Resumo traduzido: ABSTRACT. Gomes Junior D.C., Nassar E.J., Dórea Neto F.A., Estrela-Lima A, Honsho C. dos S., Martins Filho E. & Oriá A.P. Tissue reaction and integration of polyamide and acrylonitrile-butadiene-styrene spheres in rat subcutaneous tissue. [Reação e integração tecidual de esferas de acrilonitrila butadieno estireno e poliamida em subcutâneo de ratos.] Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 38(Supl.1):93-98, 2016. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal nos Trópicos, Universidade Federal da Bahia, Av. Ademar de Barros, 500, Ondina, Salvador, BA 40170-110, Brasil. E-mail: arianneoria@ufba.br We investigated the infiltration and tissue reaction of polyamide and acrylonitrile-butadiene-styrene (ABS) spheres prepared by rapid prototyping. Accordingly, three groups of six Wistar rats each were formed; G1, where animals received ABS implants; G2, where animals received polyamide implants and the control group where the animals received polymethylmethacrylate implants. Implants were inserted subcutaneously in the dorsal thoracic region and the animals were euthanized 60 days after implant insertion to evaluate tissue reaction and incorporation. The spheres were sectioned for macroscopic evaluation of tissue infiltration, and capsule fragments were collected for histopathologic evaluation. In macroscopic evaluation, all samples showed the presence of a thin tissue capsule that was strongly adhered to the implants in G1, moderately adhered to the implants in G2 and discretely adhered to the control group. The collected fragments of G1 and G2 had a similar appearance on histopathologic examination, however the inflammatory reaction observed in the animals of G1 was more discreet. Evidence of infection or foreign body reaction was not observed in any of the fragments, and all groups showed a mild mononuclear inflammatory reaction. Macroscopically, tissue infiltration was observed in G1 and G2. The results showed that the implants were well tolerated and allowed tissue integration.